Glória de Dourados, 01 de Julho de 2022
Quinta, 11 de Novembro de 2021 - 09h00
Depois de 62 anos em Jateí, Eraldo Jorge Leite recebe o título de Cidadão Jateiense
Eraldo Leite recebeu o título acompanhado de sua esposa Maria Aparecida Neres Leite e demais familiares.

FATIMANEWS

Nascido em Presidente Venceslau-SP há 69 anos de idade, sendo mais de 62 morando em Jateí, o prefeito Eraldo Jorge Leite recebeu, enfim, o título de cidadania local. A outorga foi entregue na noite de segunda-feira, em sessão solene da Câmara de Vereadores realizada no Centro Cultural José Jorge Leite. A entrega ocorreu junto com outras dezenas de homenageados, pois há mais de cinco anos o Legislativo não fazia este tipo de homenagem.

Eraldo Leite recebeu o título acompanhado de sua esposa Maria Aparecida Neres Leite e demais familiares. Ao comentar sobre a comenda, o prefeito agradeceu a Câmara pelo gesto e reafirmou sua disposição em continuar sendo um guerreiro na luta em defesa de Jateí e sua população. "Eu ainda criança já acompanhava meu pai nos movimentos políticos e comunitários que culminaram com a emancipação de nossa Jateí. E este amor por Jateí vou carregar para a vida toda, em todos os dias que Deus me der vida e saúde", enfatizou o prefeito.

Eraldo Leite recebeu o título de Cidadão Jateiense dentro das comemorações dos 58 anos de independência política e administrativa, celebrado em 11 de novembro.

A história do município de Jateí e a de seu atual prefeito, Eraldo Jorge Leite, andam juntas no tempo. O município completa neste dia 11 de novembro seus 58 anos de emancipação político administrativa, enquanto o prefeito completou em 28 de setembro 69 anos de idade. A diferença é que o prefeito Eraldo chegou a Jateí, junto com sua família, quando ainda se formava o então povoado, no final de 1.959 e começo de 1.960, época que ainda pertencia a Dourados. O filho de Bernadete e José Jorge Leite tem, então, mais de seis décadas de existência em Jateí, quatro anos a mais que os 58 anos de emancipação de Jateí.

Eraldo Leite aportou em Jateí quando tinha por volta de seus 7 anos de idade, vivenciando todo o processo de desenvolvimento da localidade. Seu pai, Zé Jorge, foi uma das lideranças políticas da época que encamparam a luta pela independência política de Jateí, vindo a ser o seu terceiro prefeito, já na década de 1.970.

A paixão política de Zé Jorge acabou por atrair Eraldo para disputas eleitorais no município, tendo disputado sete eleições e vencido cinco delas, estando no quinto mandato como prefeito, um recordista no Estado. Além de Eraldo, o patriarca da família também despertou o gosto para a política em seus irmãos Carlos Aberto (Beto) - que foi vereador em Jateí -, Maria Jorge (Mariquinha) e José Jorge Filho (Zito), que tiveram mandatos na Câmara de Fátima do Sul.

Durante a campanha de reeleição em 2020, Eraldo se encontrou com o empresário Alessandro Boigues, na Fazenda Chapadão, que se tornou expoente na criação de suínos no Estado.  Eraldo Leite se emocionou ao relembrar sua própria história em Jateí. Alessandro é filho de Arthur Boigues, dono da primeira cerealista de Jateí - que era localizada onde hoje está o Clube Piscina - onde Eraldo trabalhou dos 13 aos 16 anos. "Comecei trabalhar cedo e seu Arthur foi meu primeiro empregador", relembrou o atual prefeito para Alessandro, que atualmente é um dos principais suinocultores do município. (Da redação com o livro Jateí - História e Cultura -, publicado em dezembro de 2020.

 

 
© 2012 - 2017 - GloriaInforma - Todos os Direitos Reservados